Follow by Email

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

A experiência elementar ou o património da espécie

                                          Maryann Shaw - Images 24

"A exigência da bondade, da justiça, da verdade, da felicidade, constitui o mais profundo rosto, a energia profunda com que todos os homens de todos os tempos e de todas as raças se aproximam de tudo, a tal ponto que podem viver entre si uma permuta de ideias e não somente de coisas, podem transmitir-se riquezas de um para o outro à distância de séculos, e nós lemos com emoção frases criadas há milhares de anos pelos antigos poetas com uma impressão de apelo ao nosso presente, como nem sempre acontece nas relações quotidianas. Se existe uma experiência de maturidade humana, é exactamente essa possibilidade de penetrar no passado, de abordar o longínquo como se fosse próximo, como se fosse parte de nós. Como isto é possível? Porque esta experiência elementar, como dizíamos, é substancialmente igual em todos, mesmo se depois vier a ser  traduzida, realizada de maneiras diversas e até, na aparência, opostas."
Luigi Giussani

Se o mundo tem mudado, ao longo dos tempos, o coração do ser humano é sempre o mesmo. É esse o nosso património.

7 comentários:

  1. Muito, muito interessante esta reflexão. O ser humano nasce com os mesmos anseios de justiça, bondade, solidariedade, felicidade; depois a caminhada, o rumo de cada vida vai mudando as atitudes humanas. Eu detesto xenofobia, preconceito; não costumo generalizar e acho que há de tudo em todas as raças, culturas, religiões etc. Muitas vezes digo às pessoas: "o ser humano nasce igual; não vem com um letreiro na testa dizendo que é cigano, asiático, negro, amarelo; é um ser humano onde corre sangue, há um coração e todos os outros orgãos que são iguais em todos". Depois, percurso, o país, o continente, as circunstâncias, a cultura fazem com que ajam e pensem de maneira diferente, mas a essência do ser humano, os desejos pelos mais elementares direitos de qualquer cidadão são os mesmos e não é à toa que até hoje lemos mensagens de otimismo, de amor, de confiança, de solidariedade de pessoas que já não estão entre nós há séculos. É que dentro delas um coração batia igualzinho ao nosso; nas suas veias corria um sangue da mesma cor que o nosso. "O coração é o nosso património" e é por isso que ele é cantado todos os dia por poetas e mesmo nós, simples mortais, estamos sempre com esse nome na nossa mente; hoje, já perdi a conta às vezes que usei e escrevi a palavra CORAÇÃO. E agora, vou usá-la mais uma vez...apesar desta chuva, deste frio, que os vossos corações estejam iluminados e que tenham um fim de semana cheio de cor. Um grande beijinho, amigas.
    Emília

    ResponderExcluir
  2. Oi Amiga!
    O seu comentário resume o texto.
    O mundo é composto de mudanças,mas alguém disse que "o coração tem razões que a própria razão desconhece", serão as tais razões,o pilar do nosso património.
    Até breve
    Herminia

    ResponderExcluir
  3. É esse o nosso melhor património. Ainda tenho um pouco de optimismo para acreditar que, apesar de os humanos serem capazes das maiores atrocidades, também são capazes do melhor. Precisamos todos de puxar pelo melhor que há no coração humano.

    Obrigada pelo vosso optimismo :)

    ResponderExcluir
  4. ... de facto, acreditar é o que nos resta, ou o que temos de melhor!!!!!
    ... e é mesmo preciso ACREDITAR... começando por pôr em prática esse imenso património que temos no coração de cada um de nós, vasculhando se preciso fôr, porque esse património existe! E é o que nos salva!!!!!!!!!!
    Obrigada
    beijinho... e tenham um bom coração!
    Sempre,
    Isabel

    ResponderExcluir
  5. Emília e Hermínia

    Que bom ver-vos aqui as duas e sentirmo-nos unidas num só coração. Muito obrigada e uma feliz semana para vocês, amigas

    ResponderExcluir
  6. Manuela
    Nós é que lhe agradecemos, Manuela, e acredite que o nosso optimismo sai sempre reforçado com a sua presença. Muito obrigada por esta união que sentimos dos nossos corações.

    ResponderExcluir
  7. Isabel
    É um património imenso, este, amiga. Somos de facto herdeiros de uma imensa riqueza. Saibamos geri-la e... ter um bom coração. Feliz semana para ti!

    ResponderExcluir