Follow by Email

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

O surf como metáfora da Vida

“Surfar é, sobretudo, aceitar remar”

 imagem tirada daqui

 Na vida, como sobre as ondas, a grande arte consiste em acompanhar o movimento. Não resistir, mas aceitar o movimento da vida e permitir que ela flua em nós. Aceitar não significa “cruzar os braços”, permanecer passivo. Pelo contrário, implica um estado de actividade intensa para permitir acolher a força invisível do que nos é dado viver e deixar agir o seu poder absoluto. É esta aceitação que o surf nos mostra com nitidez, pois é graças à aceitação que o surfista permanece na prancha e exerce a sua arte. 
O surf é uma escola de humildade em que a alegria de deslizar nas ondas é indissociável do esforço necessário para lá chegar. Naquele eterno recomeço tudo pode mudar num instante: O vento, a maré, o tempo. Uma vivência plena do instante que nos ensina a quebrar, na nossa atitude quotidiana, a tendência para a acção automatizada e a aprender a viver mais conscientemente.
O surf mostra-nos relações de fluxo, de reciprocidade, de equilíbrio e adaptação ao meio envolvente: A vida no seu fulgor. Ensina-nos, também, a sobreviver às marés baixas da existência. Como grande exemplo deste ensinamento deixamos-vos o vídeo da SURFaddict - Associação Portuguesa de Surf Adaptado, a primeira associação de surf adaptado da Europa: Uma inspiração para a nossa vivência quotidiana.
 


domingo, 19 de agosto de 2012

Um Dia Extra

Zao Wou Ki 
(imagem retirada daqui)

"Imagine que recebe uma carta pelo correio. A carta diz que ganhou um prémio numa rifa. O prémio que ganhou é a oportunidade de desfrutar de um dia extra na sua vida. Para aceitar o seu prémio tem de concordar em inserir o seu dia extra em algum lugar nas próximas oito semanas. A pergunta que faço é: "Como é que vai aproveitar este dia extra na sua vida?" Dedique alguns momentos agora a reflectir acerca do que faria com ele, onde iria, com quem passaria esse dia e como aproveitaria ao máximo esse precioso prémio. 
O exercício "Um Dia Extra" é uma oportunidade para ver se você está, ou não, a viver as suas prioridades. É uma oportunidade para contemplar a vida não vivida e perceber onde é que está a adiar a sua alegria. Um dos maiores bloqueios à felicidade é o facto de pretendermos ser mais felizes um dia. Este adiamento pode começar como uma intenção honesta, mas muitas vezes pode acabar como uma promessa não cumprida. Só é possível adiar a alegria durante algum tempo. A vida e a morte é o que lhe acontece enquanto está a fazer outros planos. Pense na forma como pretende desfrutar da sua vida um dia e comece a apreciá-la mais agora."
Robert Holden, Be Happy

Um Dia Extra na sua Vida... O que vai fazer? 
Viva a vida só por um instante.