Follow by Email

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Aldeia de Ndivinduane – a infinidade dos possíveis

"Sê a mudança que queres ver no mundo"
Mahatma Gandhi

 
Tudo começou com um furo de água, água que permitiu o surgimento da Vida: A Vida de uma Comunidade.

A sede de conhecimento das novas vidas dentro da Vida é o germe do surgimento de um novo fruto: Uma escola para crianças. 
E depois outro: Uma horta comunitária onde os excedentes podem ser comercializados, dando origem a pequenos negócios. 
Recuperam-se saberes artesanais e novos frutos surgem: Oficinas de costura e tecelagem.
 As carências a nível de saúde são o embrião da construção de um posto de atendimento à população no qual se destaca o tratamento a crianças desnutridas. 
Na expressão teatral encontra a medicina preventiva o desabrochar de outros frutos: Grupos de teatro retratam cenas do quotidiano e promovem hábitos saudáveis. 

O gosto pelo desporto é o feto que abrigará a criação de equipas e campos de vários desportos. 

A difícil acessibilidade e deslocamento dão o mote para uma nova realização: A construção de várias residências de acolhimento, para professores e  para alunos… 

Ndivinduane fica localizada no distrito de Namaacha, em Moçambique, e retrata a força de projectos que se expandem para além do imaginado. Um suceder de possíveis concretizados.

Inspiradas por esta cadeia, sem fim, de sementes que desabrocham e movidas pela convicção de que a principal ajuda que se pode dar ao desenvolvimento se chama Educação, juntamo-nos, neste Natal, a este projecto: No âmbito da nossa já tradicional campanha “Uma turma/Um cabaz”, vamos tentar dar o nosso contributo para que as crianças e jovens tenham melhores condições para ler, estudar, aprender, sonhar, jogar e criar na Escola de Ndivinduane. O desafio é cada turma da E. S. M. participar com uma caixa de material escolar, mas estão todos convidados a participar. O mais pequeno gesto é precioso na mudança que queremos “SER”.

domingo, 13 de novembro de 2011

Dia Mundial da Gentileza

" Pode fazer uma coisa realmente poderosa e revolucionária – parar de acarinhar o ego e começar a acarinhar os outros. Isso sim é ir contra a corrente! Pensa que oferecer o peito às balas é corajoso? Experimente despir-se dos invólucros que acha que o protegem dos “ataques” e do egoísmo alheios e aplique o método revolucionário de acarinhar os outros."

(imagem retirada da Internet)
Gentileza
Carinho
Benevolência
Compaixão
Agradecimento
Reconhecimento
Dedicação
Delicadeza
Cordialidade

A receptividade que, como nos diz a nossa amiga Marta Do seu Lugar, começa a existir para o uso de certas palavras, encoraja-nos a acreditar numa mudança importante do nosso modo de pensar e viver. Celebremos o Dia Mundial da Gentileza fazendo algo realmente poderoso: Dispamo-nos dos invólucros que achamos que nos protegem e passemos a aplicar o método revolucionário de acarinhar os outros.

Nota: Neste dia dê ainda um pulinho até aqui.

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

 

Inscrevemos o Projecto Optimismo em Construção (desenvolvido na Escola Secundária de Miraflores) no Concurso "Participar para Mudar" promovido pelo CHRIS – Centro de História Contemporânea e Relações Internacionais no âmbito da temática “A União Europeia dos Cidadãos” do Plano de Comunicação 2011.
As votações são feitas online e serão permitidas até ao dia 31 de janeiro de 2012, inclusive. Nós estamos muito atrasadas, pois só nos inscrevemos ontem. Precisamos de votos AQUI! Contamos convosco. O nosso Projecto merece!