Follow by Email

sábado, 1 de janeiro de 2011

Esperança

"Os tubarões têm de seguir em frente para sobreviver. As pessoas têm de seguir em frente se quiserem que os seus sonhos sobrevivam. Não precisa fazer tudo hoje, mas precisa fazer alguma coisa todos os dias."
                                                                                    David Niven

A esperança tem o poder de reforçar a nossa vontade de lutar para concretizar aquilo que desejamos.
Mas... Não basta ter esperança. É necessário pensar estratégias que nos levem a atingir metas. A esperança está intimamente relacionada com a crença de que se é capaz, de que se tem o controle sobre os acontecimentos da vida e ainda, com a capacidade de resistir perante as dificuldades, de resolver os problemas e encontrar caminhos alternativos para atingir metas. 
Haverá algo mais libertador do que poder agarrar as rédeas da nossa própria vida, mantendo uma esperança inabalável nela e em nós próprios?
O optimismo faz aumentar consideravelmente os níveis de esperança. As pessoas mais optimistas têm mais capacidade de ter o futuro como horizonte, independentemente de como foi o seu passado e está a ser o seu presente.
Já que estamos a inaugurar um novo ano, vale a pena lembrar que a realização dos nossos sonhos pode começar agora, nas nossas mentes e nos nossos corações. 
"Na nossa mente porque é preciso planejar, analisar possibilidades a curto, médio e longo prazo e até elaborar um cronograma de acção. No coração, pois quando se acredita no próprio talento e capacidade todo o Universo se coloca a nosso favor."
Não tenhamos receio de pensar grande e fazer os nossos sonhos voarem bem alto como se fossem papagaios de papel pelo ar. Ousemos voar!

                                                                 Chagall

E agora, mesmo acabadinho de chegar, outro poema, também enviado pela Eduarda, mas este de Carlos Drummond de Andrade. Tínhamos que partilhar convosco. É que, como diz David Niven, para voarmos precisamos "fazer  alguma coisa todos os dias". Voemos, então, cada vez mais! Porque é "dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre."

RECEITA DE ANO NOVO

Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor do arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido
(mal vivido talvez ou sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser;
novo
até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens?
passa telegramas?)

Não precisa
fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar arrependido
pelas besteiras consumadas
nem parvamente acreditar
que por decreto de esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.

Para ganhar um Ano Novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.

2 comentários:

  1. Adoro Carlos Drummond! Está lindo este poema e cheio de verdades. No dia 31 acabou um mês, outro começou no dia 1. Quantas vezes isso já aconteceu nas nossas vidas? Meses acabaram...outros começaram...vezes sem conta!!! Quantas anos já acabaram e novos começaram? Muitos!!! A vida vai continuar o seu curso normal apesar de ser o ano 2011; as diferênças vão depender de nós, vão depender da maneira como vamos fazer a caminhada, do modo como vamos enfrentar os abstáculos que de certeza vão aparecer; amanhã tenho um dia pela frente, como tive no dia 30...no dia 31; amanhã será um Domingo de 2011...ontem foi 2010; é só uma questão de números. A verdadeira diferênça sou eu que a vou fazer...é a mim que cabe fazer deste Domingo um dia Novo de um Novo Ano. Dentro de mim cochila há muito a vontade de entrar de facto num novo ano de entrar em tempos de mais optimismo, mais esparança, mais sorrisos;confesso que não tenho sabido fazer isso; tenho tentado, mas tenho consciência de que falhei neste aspecto; sei que bem pertinho de mim pessoas precisam desta minha mudança, precisam que o meu coração esteja mais colorido para que possa pintar com cores vivas os dias de todos nós; sei que só posso pintar com as cores que tiver....preciso portanto adquiri-las para depois as poder espalhar; ninguém pode dar aquilo que não tem. Não me lamento por últimamente não ter sido a luz que esperavam que eu fosse; não fui, mas tentei...dei o meu melhor. Foi com essa conciência que eu brindei ao final do 2010 e ao começo do 2011...com a consciência de que sou eu que tenho de começar nova e não o ano; ciente de que tenho de fazer com que os meus dias sejam relamente novos, que sejam dias de optimismo, cheios de esperança de que vou conseguir acordar o ano novo que tem cochilado no meu coraçaõ. Temos de fazer alguma coisa todos os dias e é todos os dias que eu vou tentar viver uma vida realmente nova. Um grande beijinho e...tenho ESPERANÇA de merecer " ganhar um Novo Ano " dando uma cor nova ao meu interior.
    Emília

    ResponderExcluir
  2. Será que não tem mesmo conseguido transmitir esperança e inspirar sorrisos, Emília? A nós sempre faz sorrir os nossos corações e o seu blogue é uma fonte de esperança. Acreditamos que possa querer ainda mais cor Emília e sim, também acreditamos que o seu ano de 2011 vai ser pintado com as cores do arco íris. E nós queremos muito ver esse lindo arco íris que vai surgir. A primeira cor neste novo ano é vossa. Um grande beijinho para vocês também.

    ResponderExcluir