Follow by Email

sábado, 29 de setembro de 2012

Espiritualidade


“Acho que grande parte dos nossos problemas vem da falta de espiritualidade. Não estou a falar de misticismo, nem de valores religiosos. Falo de coisas simples como a generosidade, entreajuda, idealismo no trabalho, de sabermos como o que fazemos pode ser útil aos outros.”
Leonardo Boff

 Qualquer que seja a nossa definição de espiritualidade, há um ponto comum que nos remete para uma dimensão maior do que o nosso ser físico e do que as nossas necessidades materiais.
Espiritualidade é este olhar mais amplo que nos eleva para lá de tudo o que está dividido, revelando-nos a totalidade do que somos. “Uma atitude de confiança na profundidade do homem, aquilo que no homem supera o homem; aquilo que no homem se mantém aberto a um além do homem.”
Somos, como nos diz André Compte-Sponville, seres finitos abertos sobre o infinito; seres efémeros abertos sobre a eternidade; seres relativos abertos sobre o absoluto.
Espiritualidade é esta abertura ao que nos transcende, este olhar que nos faz ver uma dimensão maior, uma união mais completa com o nosso verdadeiro ser, com os outros e com toda a criação. Um “sentimento oceânico” de fusão num mesmo todo que nos transporta para experiências de mistério e evidência, plenitude, simplicidade, unidade, silêncio, eternidade, serenidade, aceitação e liberdade.


Nenhum comentário:

Postar um comentário